Your Cart: 0 items - $0.00 0

Osvaldo Amado

Osvaldo Amado é bairradino por adoção e oriundo de uma numerosa família de Angola, de onde, ainda jovem, veio para Portugal para continuar os seus estudos. Apesar de sonhar ser piloto-aviador, os escassos recursos financeiros familiares não o permitiram. Hoje, sente-se realizado por ter enveredado pela área agrícola, sendo toda a sua formação superior à volta do vinho, da vinha e da alimentação. Entre muitas outras formações, é Agente Técnico Agrário, fez o Bacharelato em Ciências da Alimentação e Nutrição e uma Pós-Graduação em Enologia.

 

Iniciou a sua carreira em 1986 na Estação Vitivinícola da Beira Litoral. Desde então, tem vindo a trabalhar com muitos produtores em quase todas as regiões vitivinícolas de Portugal e é hoje um dos enólogos nacionais mais experientes. É conhecedor profundo da Bairrada, Dão, Douro, Vinhos Verdes, Tejo, Lisboa e Alentejo. Com mais de 30 anos de carreira, as garrafas por si produzidas ultrapassam já os 600 milhões de unidades e os seus vinhos conquistaram já mais de 1.100 medalhas entre Ouro e Prata, em concursos internacionais e nacionais.

Já fez vinhos em Espanha, Itália, África do Sul e neste momento tem vínculo permanente com um dos mais importantes produtores do Brasil, a Vinibrasil, do Grupo Global Wines, onde é atualmente diretor de enologia e o responsável técnico por alguns dos mais prestigiados vinhos de Portugal, como Casa de Santar, Cabriz ou Quinta do Encontro. Funções que entrega também à já muito premiada Adega de Cantanhede, através de parceria com o referido Grupo Global Wines. Osvaldo Amado tem realizado um importante trabalho de consolidação e reestruturação do portefólio e definição dos estilos e categorias dos vinhos, sendo de destacar que, por exemplo, no Top 100 das revistas internacionais “Wine Spectator”, “Wine Enthusiast” e “The Wine Advocate” de Robert Parker, já conta com mais de uma dezena de vinhos bem classificados, em cada uma.

 

No decurso da sua atividade profissional, entre os prémios conquistados destaca-se a eleição “TOP Winemaker”, no Concurso “Wine Master Challenge” (2014). Em 2015 foi eleito “Enólogo do Ano” pelos “Prémios W” e “Enólogo do Ano” pela “Revista de Vinhos”. Foi em 2016 que viu um dos seus vinhos – Casa de Santar Dão Nobre Tinto 2013 – ser reconhecido como “Dão Nobre”, pela Comissão Vitivinícola da região, sendo o único tinto a obter tal designação nas últimas três décadas.  A revista “Paixão Pelo Vinho” atribui-lhe o Troféu “Enólogo de Mérito” (da década), em 2017, e nesse mesmo ano a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo entregou-lhe o Galardão “Prémio Carreira”.

No final de 2019, Osvaldo Amado materializou um sonho, apoiado pela equipa da empresa que criou, a Total Wines Portugal, fazendo chegar ao mercado uma nova marca, a sua: Raríssimo By Osvaldo Amado. Vinhos plenos de complexidade, que só chegarão ao mercado se forem distintos, originais, irrepetíveis e, claro, raros.